standup,chaves,seu madruga,A bruxa do 71,namorados

Channel: andré comédias

131,903

TIP: Right-click and select "Save link as.." to download video

Initializing link download... Initializing link download.....

comediante danilo gentili contando piadas sobre o programa do chaves onde seu madruga tinha a vida dos sonhos,e mais,a bruxa do 71,dona florinda,o mestre linguiça,e zé neves contando piadas sobre falando sobre seus parentes e e seus problemas,de como é a vida de casado.

video reprisado
creditos:acomedi central,e republica do standup


PIADAS DO DIA, , .Porquinhos do Mineiro

Em um ônibus que passava por Minas, com destino ao Rio de Janeiro, entrou um caipira com três porcos a tira-colo. Um carioca gozador que estava sentado bem na frente resolveu tirar uma com o caipira:
— E aí, rapá! Levando os porquinhos para passear, cumpadi?
— É, sô! Os bichim nunca viro o mar, né!
— Só! — respondeu o carioca, em tom de deboche — E esses "bichim" tem nome?
— Tem sim sinhô... Essas duas aqui são fêmea... Elas se chamam Suatia e Suavó!
— Ah, é? — continuou o carioca — E essa aqui, deve ser Suamãe, acertei?
— Não, sô... Esse é macho! Chama Seupai... Sua mãe eu comi ontem!


400 cavalos

Estava um mineiro a andar com o seu burrinho por uma das muitas estradas de Minas Gerais. Num dado momento para do lado do mineiro com seu burrinho uma Ferrari, e dentro dela um carioca muito esperto que batendo no capo do carro diz:
— Aqui dentro tem 400 cavalos!
Entra no carro e sai cantando pneus, deixando uma nuvem de poeira para o mineiro. Um pouco a frente o carioca se distrai e numa curva embica a sua Ferrari num ribeirão.
Um pouco depois o mineiro chega ao local, vendo o carro com a frente dentro da água pergunta:
— Tá dando de beber para tropa, moço?


O Nevoeiro

O nevoeiro lá de Petrópolis estava demais e o motorista carioca não via nada. O negócio foi colar num carro de lá e ir seguindo as lanternas vermelhas. Entra rua, sai rua e ele ali, colado.
De repente o carro da frente parou e eles quase batem. O motorista desceu do carro e foi berrando para o outro, que estava no maior espanto:
— Como‚ que o senhor para assim, dessa maneira, sem fazer sinal nenhum?
— pra que eu vou Fazer sinal dentro da minha garagem?